Resumo do Jogo

O Académico de Viseu e o FC Porto empataram 1-1, em jogo da primeira mão da meia-final da Taça de Portugal de futebol, disputado no Estádio do Fontelo, em Viseu.

Os ‘dragões’ adiantaram-se no marcador já na segunda parte, com um golo do avançado Zé Luís, aos 59 minutos, mas o Académico de Viseu, da II Liga, conseguiu chegar ao empate aos 70, por intermédio de João Mário.

O jogo da segunda mão da meia-final da Taça de Portugal está agendado para quarta-feira, dia 12 de fevereiro, às 20:45, no Porto. Antes, os azuis e brancos recebem o Benfica para o campeonato português.

Momento da partida

Já com Luis Díaz de fora e Nakajima em ação, a equipa de Viseu conseguiu o empate onze minutos depois. A jogada começou no lado direito, com um cruzamento para a grande área, e João Mário, oportuno, cabeceou para o golo do empate. O lance foi depois escrutinado pelo VAR que acabou por validar o lance.

A figura

Vítor Ferreira, um dos melhores em campo, esteve envolvido no lance que deu o golo portista. O jovem médio recuperou a bola e serviu Zé Luís que, perante a saída de Ricardo Fernandes, atirou fora do alcance do guarda-redes, inaugurando o marcador. O jogador de 19 anos agarrou a titularidade com 'unhas e dentes' e encheu não só o meio-campo, mas também ajudou na defesa e deu consistência ao ataque.

A polémica

Em cima do minuto 90, Corona, que tinha entrado na segunda parte, caiu na grande área. O árbitro João Pinheiro consultou o VAR e mandou seguir o jogo. Depois, na flash interview, sobre este lance, Sérgio Conceição mostrou-se convicto de que era grande penalidade.

Vozes dos protagonistas

Vítor Ferreira: "Sentimos que fizemos tudo para ganhar"

João Mário diz que vai ao Dragão para "fazer história"

Sérgio Conceição: "Espero que haja melhorias nas arbitragens e no VAR"

Paulo Cadete: "Levamos a eliminatória para o Dragão”

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.