Passar entre os pingos da chuva: Luís Filipe Vieira, nas bancadas do estádio do Algarve, com as mãos na cabeça em sinal de desespero, é uma imagem elucidativa das dificuldades que o Benfica sentiu para passar o teste 'Olhanense'. Nota 9,5 para o conjunto encarnado, apenas porque seguiu em frente para a próxima fase da Taça de Portugal. Exibição paupérrima para o conjunto de Rui Vitória que faz soar o alarme na Luz.

Depois das tareias do Sporting e (sobretudo) do FC Porto sobre o Oleiros e Lusitano, respectivamente, muitos esperavam nova goleada no Algarve. Puro engano. Os encarnados sentiram muitas dificuldades a sul e as alterações promovidas pelo técnico encarnado não podem justificar tamanha falta de qualidade. Ao fim ao cabo, apesar das várias alterações, só se pode destacar mesmo a estreia de Svillar na baliza e a de Douglas no lado direito da defesa. Os dois jogadores, de resto, deixaram bons apontamentos. Alguns pingos de água no deserto do futebol desenvolvido pelas águias na região algarvia.

O início até foi prometedor, com Gabriel Barbosa a marcar de forma madrugadora e a fazer o 'gosto ao pé' pela primeira vez com a camisola do Benfica. Mas foi o melhor momento dos encarnados. Só alguns apontamentos de Douglas, Rúben Dias e um míssil à trave de Diogo Gonçalves, quebraram o marasmo futebolístico e sem ideias dos tetra-campeões nacionais.

O conjunto da casa não se deixou abater perante o golo sofrido e cavalgou a onda liderado pelo rapidíssimo Jefferson Encada, jogador de 19 anos que está cedido pelo Sporting. A equipa de Olhão teve o golo nos pés no início da segunda parte. Encada ofereceu o tento a Léléco que acabou por atirar às malhas laterais. Depois da bola à trave encarnada, os algarvios tentaram até ao fim do empate, mas já com pouco discernimento. A eliminatória acabou por cair assim para o Benfica.

Momento do Jogo

Minuto 51: Leleco teve tudo para fazer o golo e acabou por atirar às malhas laterais. Seria uma machadada de peso nas aspirações encarnadas. Seria o balão de oxigénio que a equipa do Algarve precisava para ainda ter forças para discutir o jogo.

Os melhores

Gabriel Barbosa

Marcou o golo do triunfo num gesto de pura classe e mostra que pode ser uma opção válida para a frente de ataque.

Svilar

Não teve muito trabalho é certo, mas estreou-se como guarda-redes do Benfica e é o mais novo de sempre na baliza encarnada. Revelou segurança e presença entre os postes. Pode estar aqui o novo dono da baliza encarnada.

Douglas

Teve alguns pormenores interessantes. Apesar de denotar algumas dificuldades a nível defensivo, apareceu bem em zonas adiantadas do terreno. Demonstrou que é bom a marcar bolas paradas (Quase fez golo num livre direto aos 38 minutos).

Jefferson Encada

Foi provavelmente o homem do jogo. Causou muitos desequilíbrios com a sua velocidade e fantasia, Douglas que o diga. É um jogador (emprestado pelo Sporting) que ficou na retina e certamente vai dar que falar nos próximos tempos.

Baixos

Rafa 

Continua a ser um corpo estranho no Benfica. Não faz a diferença e evidencia pouca confiança. Atravessa um mau momento no clube encarnado.

Reações

RUI VITÓRIA: "JOGO TÍPICO DE TAÇA"

GABRIEL BARBOSA: "QUE SEJA O PRIMEIRO GOLO DE MUITOS"

BRUNO SARAIVA: "MERECÍAMOS OUTRO RESULTADO"

Veja o resumo do jogo

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.