Foi tirada a ferros - É esta a expressão exacta para descrever a vitória do Sporting no Bonfim frente ao Cova da Piedade. Com algumas alterações no onze, - com William e Gelson de fora e com Bryan Ruiz, Bruno César e Doumbia em campo - não se esperava, ainda assim, que o Sporting tivesse tantas dificuldades para se desenvencilhar do Cova da Piedade e garantir presença na etapa que pode dar acesso ao Jamor.

 

O 13º classificado da II Liga quis vender cara a derrota. Cerrou os dentes e podia ter chegado ao intervalo a vencer por 2-0. Valerem os postes! Ao dar a iniciativa de jogo ao Sporting, a equipa do Concelho de Almada aproveitou a passividade leonina para com rápidos contra-ataques dar calafrios e de que maneira à equipa verde-e-branca. O Sporting foi praticamente inoperante da primeira parte, fruto de miolo um, com Battaglia e Bryan Ruiz, demasiado lento e sem um pingo de criatividade. Mesmo Doumbia, na frente, pouco incomodava a equipa da casa, com excepção de um remate que foi o primeiro sinal do Sporting no jogo. Robson, aos 11 minutos, e depois Hugo Firmino, aos 40m, acertaram na trave. O 0-0 ao intervalo era por isso uma resultado lisonjeiro para os leões.

No segundo tempo, Jesus fez o que devia ser feito. Lançou os homens mais importantes da temporada do Sporting: Bruno Fernandes e Bas Dost. Foram estes dois jogadores que construíram o resultado. Primeiro o médio leonino, com um remate afortunado viu a bola desviar em Evaldo e trair Joyce. O Cova da Piedade não se atemorizou, chegando ao empate numa grande penalidade transformada por Cleo (58). Contudo, querendo a todo o custo evitar o prolongamento, o inevitável Bas Dost fez de cabeça o golo do triunfo (78).

Momento do jogo

As entradas de Bas Dost e Bruno Fernandes. Com um Sporting amorfo durante a primeira parte, as entrada do médio e do dianteiro abanaram com o jogo. O Sporting ganhou outra dinâmica e foi mais acutilante. Foi a dupla que resolveu o jogo. São as duas grandes figuras do Sporting nesta temporada.

Os melhores

Hugo Firmino: Teve o golo nos pés à beira do intervalo com um excelente pontapé. Tirou ainda o golo a Bas Dost na primeira parte. Trabalhou muito, mas perdeu gás no segundo tempo.
Joyce - O guardião italiano esteve em bom plano e um par de boas intervenções. Primeiro travou um remate com selo de golo de Doumbia, pouco depois parou um cabeceamento de André Pinto. Nada pode fazer no golo de Bas Dost

Bas Dost - Disse novamente presente. Fez o golo que colocou o Sporting nas meias-finais da Taça de Portugal.

Bruno Fernandes - Jorge Jesus queria fazer descansar o médio, mas as circunstâncias obrigaram-no a saltar do banco e a sorte dos leões mudou. Mexeu com as dinâmicas e foi decisivo ao apontar o primeiro golo dos leões.

Os piores

Primeira parte do Sporting

O Sporting deu 45 minutos de avanço ao adversário e só por acaso não saiu ao intervalo a perder. Muito pouco futebol para uma equipa que tem claros objetivos na competição.

Reações

Jesus: "Andamos à procura de um jogador que possa ´casar` com Bas Dost"

Bruno Ribeiro: "Conseguimos dignificar o Cova da Piedade"

André Pinto: "Moreirense ou FC Porto? Quem vier é com quem vamos jogar"

Soares: "A única oportunidade da primeira parte é nossa"

Veja o resumo do jogo