Beto reagiu à decisão do Conselho de Disciplina (CD) de manter Ristovski fora do dérbi com o Benfica, marcado para esta quarta-feira, da segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal. Em declarações aos jornalistas, o 'team manager' do Sporting fala numa decisão "embaraçosa" do Conselho de Disciplina.

"Não sei o que é mais embaraçoso para o futebol português: se a não despenalização do nosso jogador Ristovski ou o critério disciplinar do mesmo árbitro [Manuel Mota] três dias após o nosso jogo em Chaves. É só isso que quero dizer", afirmou Beto, aludindo à arbitragem do juiz da AF Braga no jogo de terça-feira entre FC Porto e SC Braga.

O Pleno do Conselho de Disciplina analisou o recurso apresentado pelo Sporting, tendo ouvido Manuel Mota, árbitro da partida, assim como Vasco Santos, videoárbitro, que reiteraram a opinião relativamente ao lance. Nesse sentido, o referido órgão decidiu manter o castigo de um jogo ao defesa.

Ristovski viu o cartão vermelho direto aos 88 minutos do jogo frente ao Chaves, na sequência de uma entrada sobre Niltinho, lance em que Manuel Mota recebeu sinal do VAR para observar as imagens.

O jogador já tinha sido expulso antes do encontro da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, que o Benfica venceu por 2-1, tendo a sua despenalização sido comunicada apenas duas horas antes do desafio na Luz.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.