Bruno de Carvalho deixou elogios às regiões que foram afetadas pelos incêndios que assolaram Portugal este verão e fez um paralelismo com o futebol nacional. Na receção na Câmara Municipal de Oleiros, o presidente do Sporting disse que há muito carinho pelas regiões que foram afetadas pelos incêndios.

“É uma honra estar aqui. O futebol serve também para isto. Antes de ser presidente sou cidadão e preocupo-me e com o que se passa no nosso país. O que se passou nesta região [incêndios] trouxe muito carinho a esta região. Quando saiu o Oleiros surgiu a hipótese de contribuir e sentir de perto estas populações que dão lições fortes sobre coragem a quem anda no futebol. O futebol tem muito a aprender com estas pessoas para crescer e se alterar e ser parte de algo maior e não parte de algo que se fecha muito em si próprio”.

O presidente do Sporting adiantou ainda que, apesar de ter dito que não acompanharia o clube nos jogos fora abriu uma exceção visto a situação do Oleiros e todas as dificuldades que passaram durante o verão. ´

“O futebol não é apenas entretenimento. A minha decisão sobre todas as decisões do Conselho de Disciplina foi não ir a nenhum jogo de fora. Já estou castigado até agosto de  2018, mas esta é uma homenagem ao Oleiros. Fiz questão de faltar ao compromisso de não ir a jogos para vir a este porque é um momento especial para o Oleiros. No Sporting não viramos as costas as nossas responsabilidades que é proporcionar um grande jogo e que no final ganhe o melhor.

O Sporting enfrenta o Oleiros esta quinta-feira para a terceira eliminatória da Taça de Portugal. O encontro vai ser jogado num relvado sintético e tem início marcado para as 20h15 em Castelo Branco. Antes do encontro, a direção leonina foi recebida na Câmara.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.