O treinador do Benfica, Bruno Lage, afirmou hoje que espera um “regresso forte” da sua equipa à competição no encontro da terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol, na sexta-feira, frente ao Cova da Piedade.

O técnico dos 'encarnados' projetou, desde logo, o ciclo que se segue com “poucos dias de intervalo” entre jogos da Taça de Portugal, da Liga dos Campeões e do campeonato, pelo que desejou uma resposta da sua equipa “semelhante ao início da época”.

Lage não se mostrou, porém, crítico da longa paragem no calendário de competições, que aproveitou para trabalhar alguns detalhes com os jogadores que ficaram a treinar no Seixal e recuperar jogadores.

“Há espaço para recuperar lesões e treinar coisas importantes para a nossa forma de jogar. Quando jogamos de três em três dias, é fundamental haver este espaço em que possam recuperar e um exemplo disso é o Grimaldo. O mais importante na paragem é trabalhar para tirar o máximo rendimento de todos os jogadores”, justificou o treinador ‘encarnado’.

Quanto à partida frente ao Cova da Piedade, o técnico garantiu que o facto de se disputar no Estádio José Martins Vieira “não serve de desculpa” e rejeitou que a sua equipa possa sentir dificuldades acrescidas por jogar num estádio mais pequeno.

“Estive lá no ano passado com a equipa B e conheço o estádio, embora não saiba como se encontra o relvado neste momento. Mas o significado da Taça é mesmo este, os clubes pequenos receberem as grandes equipas no seu estádio e fazer a festa do futebol”, desvalorizou o treinador.

Quanto às dificuldades sentidas recentemente pela sua equipa no jogo interior, também abordadas por Jorge Casquilha, treinador do Cova da Piedade, o técnico dos 'encarnados' garante que o seu conjunto tem sabido sempre “encontrar alternativas”.

“Quando uma equipa tenta jogar com três médios e bloquear o espaço interior, tentamos fazer as coisas de outra maneira. Mas o importante é conjugar as características dos nossos jogadores e criar harmonia entre eles, colocando-os onde se sentem mais confortáveis", disse.

A finalizar, Bruno Lage comentou, também, a renovação de contrato do defesa-central Ferro: “É uma boa notícia porque o Ferro tem feito um percurso fantástico. Agora é o passo seguinte, a renovação, ao que tudo indica (de Grimaldo e Jota), para que seja uma realidade o Benfica ter a capacidade de convencer estes jogadores de que tem um projeto e uma situação financeira firme que não os deixe a pensar duas vezes quando recebem outro tipo de propostas.”

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.