O FC Porto atravessa um ciclo de três jogos no espaço de oito dias - aos quais se junta ainda a 'final four' da Taça da Liga, na próxima semana, e ultrapassada a primeira barreira, com o triunfo de sexta-feira sobre o Moreirense, Sérgio Conceição deverá agora aproveitar o segundo compromisso deste ciclo 'infernal' para dar oportunidade e ritmo a jogadores menos utilizados, aproveitando assim para descansar alguns dos habituais titulares.

O jovem Vítor Ferreira, visto como uma das principais esperanças dos escalões de formação do FC Porto, poderá mesmo ter a sua primeira oportunidade na equipa principal dos 'dragões'. O médio de 19 anos soma 17 jogos e nove golos pela equipa B do FC Porto esta temporada.

Outro jovem, Romário Baró, também é hipótese para o 'onze'. Recuperado de lesão, não joga desde outubro e Sérgio Conceição pode ver no Varzim o adversário ideal para voltar a dar algum ritmo de jogo ao luso-guineense, que já alinhou em sete partidas da equipa principal esta temporada. Ainda no meio-campo, também Sérgio Oliveira precisa de minutos para ganhar ritmo, apesar de ter já alinhado os 90 minutos para a Taça da Liga, ainda no final do último ano, em Chaves, depois de recuperar de lesão.

No ataque, Sérgio Conceição deverá promover também o regresso de Zé Luís. O caboverdiano não joga desde 19 de dezembro e anda afastado dos golos desde o início dessse mesmo mês. Recuperado de uma inflamação no joelho que o deixou de fora da visita de sexta-feira a Moreira de Cónegos, o atacante já  treina sem quaisquer limitações e poderá ter no Varzim o alvo ideal para regressar aos golos, permitindo assim que o 'homem-golo' do momento nos 'dragões', Tiquinho Soares, autor de sete golos nos últimos seis jogos, possa repousar a pensar no importante compromisso de sexta-feira com o Braga, a contar para a jornada 17 da I Liga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.