Nathan Costa, técnico do Oleiros, mostrou-se satisfeito pela alma com que os seus jogadores defrontaram o Sporting.

"O resultado não era o mais importante, era esta festa que se fez no interior do estádio. Foi muito bonita, com desportivismo, elevação. São forças muito diferentes. Jogámos com muita alma e deixámos as pessoas orgulhosas. A nossa ideia era a de atrasar o primeiro golo do Sporting, Depois com o segundo, colocámos jogadores com outra profundidade. A nossa equipa entrou de forma diferente na segunda parte. Sofremos o 3-0 num lance de bola controlada e depois fizemos o 3-1. Galvanizámos o público, o Sporting acelerou um bocadinho e fizeram o 4-1. A equipa foi um bocadinho abaixo e tivemos esta bola no fim. (...) Jogámos com alma e coração".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.