O Santa Clara afirmou hoje querer "fazer história" no reduto do FC Porto para manter vivo o “sonho” de chegar à final da Taça de Portugal em futebol, na reação ao sorteio dos oitavos de final.

“Representar a região autónoma dos Açores da melhor maneira possível, procurando mais uma vez bater recordes, fazer história, estar pela primeira vez nos quartos de final e procurar, jogo a jogo, eliminatória a eliminatória, o sonho de todos os açorianos, que é estarmos presente no Jamor", afirmou o administrador da SAD dos açorianos Diogo Boa Alma.

Boa Alma frisou que o jogo frente ao FC Porto, no Estádio do Dragão, é "de elevado grau de dificuldade", mas tal dificuldade não retira "de maneira alguma a ambição" de seguir em frente.

Nos dois jogos entre os dois clubes na presente temporada, ambos no reduto dos ‘azuis e brancos’, o FC Porto levou sempre a melhor, vencendo por 2-0, para a I Liga, e por 1-0, em encontro da fase de grupos da Taça da Liga.

O responsável do futebol do clube insular reitera a ambição de vencer o encontro, assinalando que à terceira tentativa "será de vez", apesar do adversário ser "fortíssimo".

"Acreditamos que, à terceira vez, será de vez. Vamos, mais uma vez, representar condignamente o Santa Clara e os Açores e procuraremos, com todas as nossas forças, levar de vencido esse adversário fortíssimo e passar à próxima eliminatória", destacou.

O sorteio realizado hoje na cidade do futebol, em Oeiras, ditou ainda mais um jogo entre equipas da I Liga, a receção do Benfica ao Sporting de Braga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.