O treinador do Sertanense elege a "concentração, coragem e espírito de sacrifício" como "receita" para tentar ultrapassar o Benfica, na quinta-feira, em Coimbra, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal em futebol.

"É uma equipa com muita qualidade, sabemos das dificuldades, mas com coragem, concentração, determinação e espírito de sacrifício é possível surpreender o adversário", disse à agência Lusa o treinador da equipa da Sertã, João Manuel Pinto, para quem um bom resultado para a equipa, que milita no Campeonato de Portugal, nesta eliminatória da Taça de Portugal "seria ganhar" ao Benfica.

Antigo defesa-central dos 'encarnados' e do FC Porto, João Manuel Pinto justificou: "Podem chamar-me louco, sei da qualidade do adversário, mas também acredito nos meus jogadores."

O técnico recordou ainda que foi eliminado da Taça de Pportugal quando jogava pelo Benfica em pleno estádio da Luz pelo Gondomar: "No futebol tudo pode acontecer e o que já disse aos meus jogadores é que desfrutem desta oportunidade, com muita ansiedade, mas também com muita ambição, porque este é um jogo para a vida deles. Que sejam solidários, desfrutem e tenham coragem."

João Manuel Pinto, que disse ter uma equipa "pronta" e "ansiosa" por defrontar os 'encarnados', lamentou o facto de o jogo não poder ser disputado na Sertã, devido ao alegado mau estado do relvado.

"Se já seria difícil no nosso campo, mas difícil será a 80 quilómetros de distância e num campo neutro, mas, se alguém tem alguma coisa a perder, será o Benfica", referiu João Manuel Pinto.

O treinador disse ainda ter a equipa "quase" na máxima força e contar com o apoio dos seus adeptos: "Temos três jogadores lesionados, dois deles desde o início da época, que não poderão dar o seu contributo neste jogo, mas temos mais 20 jogadores e dois guarda-redes prontos a dar tudo em campo e a lutar por uma vitória, que espero surja nos 90 minutos."

Tito Júnior, 23 anos, capitão de equipa do Sertanense, disse à Lusa que os jogadores estão "ansiosos", tendo realçado que "defrontar o Benfica é uma motivação enorme".

Oriundo da Naval 1º de Maio, o guineense chegou há três épocas à Sertã e deu o mote para aquele que é o "jogo de uma vida", tendo feito notar que vai ser uma "experiência diferente" e que "vai obrigar todos a estarem ao melhor nível" em termos físicos e mentais.

"Este jogo é um desafio e também uma oportunidade. Queremos muito mostrar o nosso valor, e esta é uma oportunidade para o fazermos junto dos melhores", frisou o capitão.

Para defender a baliza do Sertanense dos ataques do Benfica, o treinador João Manuel Pinto conta com a inspiração do guarda-redes brasileiro Rafael Santos, de 24 anos.

"As minhas pernas não vão tremer", assegurou à Lusa 'Rafa' Santos, guarda-redes formado nas escolas do Botafogo e que representou, entre outros, o Oriental, antes de assinar este ano pelo Sertanense.

Sobre o jogo falou: "Em Portugal, é o meu primeiro jogo frente a um clube 'grande', mas para mim é muito mais fácil, porque me sinto mais forte, mais motivado e concentrado com jogos assim."

"Este jogo, para nós, é um sonho, sabe. Trabalhamos muito para poder mostrar o nosso potencial e esta é uma excelente oportunidade para o fazer", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.