Declarações de Jorge Silas, treinador do Sporting, aos jornalistas, após a derrota em Alverca (2-0), da terceira eliminatória da Taça de Portugal.

"Não foi só eficácia. A eficácia foi importante, naturalmente, porque tivemos o dobro dos remates. Também é nossa obrigação, quando estamos a jogar com uma equipa duas categorias abaixo da nossa. Mesmo assim, 22 remates e não fazer nenhum golo não é muito normal, e aí entra a parte da eficácia."

Depois, há outra parte não tem a ver com eficácia, mas com o facto de alguns jogadores não terem estado connosco durante a semana e não terem trabalhado o que nós trabalhámos. Curiosamente, na segunda parte, na minha opinião, jogámos pior do que na primeira, porque houve alguns posicionamentos que não foram cumpridos. Eu acho que pode acontecer por essa falta de treino."

"O que é que tiro disto? A primeira coisa que tiro é que nós não precisamos de heróis. Precisamos de construir uma equipa. Demora a construir e nós só estamos aqui há duas semanas. Mas nós queremos resolver os problemas como equipa e não como individualidades. Esta é uma das nossas batalhas. Vamos conseguir implementar isso, tenho a certeza. Vai demorar, vai custar trabalho, mas nós vamos conseguir fazê-lo."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.