O Sporting reagiu esta sexta-feira à decisão do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) de arquivar a queixa quanto à utilização irregular do jogador Luan por parte do Alverca, na partida da terceira eliminatória da Taça de Portugal (2-0)

Em comunicado, os leões justificam a queixa com "a necessidade de clarificação" por parte do CD e informam que irão acatar a decisão tomada, de forma a permitir "o normal desenrolar" da Taça de Portugal.

Leia o comunicado na íntegra:

"A Sporting SAD foi hoje notificada da decisão de arquivamento proferida relativamente ao Futebol Clube de Alverca, registando a clarificação da posição dos órgãos de justiça disciplinar desportiva face a uma questão controvertida (controvérsia, aliás, bem patente em decisões proferidas em sentido diverso e no facto de a decisão de hoje não ter sido tomada de forma unânime, contando com um voto de vencido) e que a Sporting SAD entendeu ser seu dever clarificar.

A Sporting SAD sublinha, tal como já afirmou no passado, ser necessário instituir um sistema em que os órgãos disciplinares passem a reunir com a periodicidade adequada às competições nacionais.

A Sporting SAD novamente endereça ao Alverca as suas felicitações pela vitória obtida e informa que acatará esta decisão, permitindo o normal desenrolar da competição"

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.