A seleção portuguesa de sub-20 venceu esta quinta-feira a Nigéria por 2-1, em jogo do grupo B do 41.º torneio de Toulon em futebol, mantendo aspirações de subir ao segundo lugar e de disputar ainda um lugar no pódio.

A seleção das quinas exerceu um certo ascendente na primeira parte, tendo sido a única equipa a estar próxima de marcar, como aconteceu aos 14 minutos, quando Tiago Silva levou a bola a embater no poste.

Antes do intervalo, Aladje e Ricardo Alves foram protagonistas de remates que deram a sensação de golo, mas não acertaram no alvo.

Só na segunda parte é que Portugal revelou maior eficácia na concretização, inaugurando o marcador aos 56 minutos, por Ricardo Alves, na transformação de um penálti, após derrube do guarda-redes nigeriano a Tiago Silva.

Aos 69 minutos, a seleção lusa aumentou a vantagem, em lance de bola corrida, com Ricardo Pereira a surgir desmarcado nas costas da defesa nigeriana, após excelente passe de João Mário, e a bater o guarda-redes Okani, à saída deste de entre os postes.

Quando se pensava que Portugal tinha o jogo sob controlo, e considerando que a vantagem de dois golos poderá ser importante como fator de desempate com o México, para determinar o segundo classificado, eis que, à semelhança do que sucedeu na partida com os mexicanos, a defesa portuguesa voltou a dar sinais de desconcentração e permitiu que a Nigéria reduzisse a diferença a dois minutos do final do tempo regulamentar.

A seleção portuguesa fica assim dependente do resultado da partida entre o México e Bélgica (a decorrer), sendo certo que bastará à seleção centro-americana vencer para assegurar o segundo lugar do grupo B e assim garantir o passaporte para a disputa dos terceiro e quarto lugares.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.