O FC Porto está fora da UEFA Youth League. Os atuais vencedores da prova foram afastados pelos austríacos do Salzburgo nas grandes penalidades, depois de um empate 1-1 nos 90 minutos. No Olival, Affengruber marcou para a equipa patrocinada pela gigante de bebidas energéticas, Fábio Vieira fez o tento dos jovens 'dragões'.

Foram precisas 18 grandes penalidades para se encontrar o vencedor, com o FC Porto a falhar três e os austríacos dois. O Salzburgo vai agora para os oitavos-de-final, onde já está o Benfica. De relembrar que a formação austríaca já venceu a prova, precisamente numa final frente aos 'encarnados'.

Jogo dividido, apenas decidido nas grandes penalidades

Para este jogo do play-off de acesso aos oitavos de final da Youth League da UEFA, o técnico Tulipa recebeu quatro 'reforços' vindos da equipa B: Pedro Justiniano, Fábio Vieira, Afonso Sousa e Rodrigo Valente, jogadores que têm atuado esta época ao serviço da formação secundária. Reforços importantes já que esta eliminatória teria de ficar resolvida esta tarde, no Olival, uma vez que esta fase só comporta jogos a uma só mão.

Quis o calendário que ao FC Porto, campeão nacional e europeu de sub-19, calhasse com o Salzburgo nesta fase. A equipa austríaca já venceu esta UEFA Youth League, numa final onde derrotou o Benfica. Uma equipa que aposta muito na formação que não tem problemas em lançar jovens na formação principal, com resultados à vista.

Com Jorge Nuno Pinto da Costa nas bancadas do Olival, assim como muitas figuras do FC Porto, como Semedo, antigo jogador do clube, Rui Barros, treinador do FC Porto B, os jovens azuis e brancos entraram bem no jogo, com Fábio Vieira a comandar o meio-campo e Gonçalo Borges a acelerar o jogo pela direita. Aos 18 minutos, o primeiro lançou o segundo que rematou forte, para defesa de Antosch. Na recarga, Afonso Sousa voltou a permitir a defesa ao guarda-redes dos austríacos.

Numa equipa recheada de bons valores como Adeyemi, Adamu, Seiwald e Sucic, o Salzburgo ia saindo em contra-ataque ou ataques rápidos. O guarda-redes Francisco Meixedo negou o tento a Adamu aos 19 minutos. Aos 22, nova defesa do guarda-redes do FC Porto a cabeceamento, outra vez, de Adamu. Na sequência do canto, os austríacos marcaram pelo central Affengruber, num lance onde a defensiva azul e branca falhou na marcação.

Aos 33, Adeyemi ganhou metros à entrada da área a atirou com força, com a bola a bater com estrondo na barra da baliza defendida por Meixedo.

Os campeões nacionais e europeus de sub-19 chegaram ao empate aos 39 minutos, por Fábio Vieira, na transformação de uma grande penalidade. A falta surgiu após empurrão a Gonçalo Borges dentro da área austríaca.

No segundo tempo foi igual ao primeiro: muita luta pela posse de bola, com o perigo a rondar as duas balizas. A equipa austríaca criava perigo pela velocidade e força de Adamu e Adeyemi, jogadores perigosos no um-contra-um. Mas a primeira grande oportunidade de golo saiu dos pés de Fábio Vieira, na transformação de um livre direto que embateu com estrondo na barra.

Tulipa tentou refrescar a sua frente de ataque, trocando o veloz Gonçalo Borges por Rafael Pereira. Nos minutos finais trocou Tiago Matos por Mané.

Com o jogo a caminhar para o fim, qualquer erro podia sair caro, pelo que as equipas passaram a ter mais cautelas. Aos 82 minutos, Francisco Meixedo defendeu com os pés um livre que ainda desviou na barreira. Aos 85 minutos é Adeyemi a ter uma perdida inacreditável: estava completamente solto na área portista mas rematou ao lado. Susto no Olival.

Meixedo: de herói a vilão em um remate

O jogo teve de ser decidido nas grandes penalidades, onde levaram a melhor os austríacos, que falharam dois dos seus nove remates (defesas de Meixedo), contra três falhanços do FC Porto. 1-1 no tempo regulamentar, 7-6 nas grandes penalidades.

Marcaram para o FC Porto: Fábio Vieira, Afonso Sousa, Duarte Moreira, Rafael Pereira, Pedro Justiniano, Rodrigo Pinheiro. Falharam Rodrigo Valente, Levi Faustino e o guarda-redes Francisco Meixedo.

Marcaram para o Salzburgo: Peter Pokorny, Prass, Sucic, Oroz, Seiwald, Adeyemi e Wallison Silva. Falharam Chukwubuike Adamu e David Affengruber (defesas de Meixedo).

De recordar que o Benfica já está nos oitavos-de-final da prova, já que venceu o grupo que disputou na fase anterior.

Ficha de jogo

Onze do FC Porto: Francisco Meixedo; Rodrigo Pinheiro, Pedro Justiniano, Levi Faustino e Rúben Canedo; Rodrigo Valente, Tiago Matos e Fábio Vieira; Afonso Sousa, Duarte Moreira e Gonçalo Borges.

Suplentes do FC Porto: Tiago Estêvão, Rúben Cardoso, Manuel Mané, Rafael Pereira, Seco Sani, Francisco Conceição e Auzmendi.

Suplentes do Salzburgo: Schroeker, Anselm, Major, Oroz, Bockle, Sesko e Butka.

Onze do Salzburgo: Daniel Antosch; Wallison Silva, Bryan Okoh, David Affengruber e Dedic; Peter Pokorny; Nicolas Seiwald, Luka Sucic e David Prass; Karim Adeyemi e Chukwubuike Adamu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.