Um funcionário de uma empresa prestadora de serviços do Centro de Alto Rendimento (CAR) do Jamor testou positivo para COVID-19, confirmou hoje à agência Lusa o diretor clínico do CAR, João Beckert.

"Trata-se de um funcionário de uma empresa prestadora de serviços, que testou positivo e estava assintomático. Efetuámos logo o seu isolamento e desencadeámos o plano de contingência para proteção dos praticantes e funcionários", disse João Beckert.

"Esta situação é sempre possível de ir acontecendo, mas a vantagem é que já tínhamos o sistema de deteção", afirmou aquele responsável clínico.

João Beckert sublinhou ainda a importância do trabalho efetuado no CAR em termos de preparação para situações similares, como o treinar as pessoas para que estas convivam como se fossem todas portadoras assintomáticas do vírus e assim tenham uma melhor capacidade de resposta em situações de emergência.

O diretor clínico do CAR do Jamor frisou ainda que foi ativado o plano de contingência e que todas as medidas de limpeza e desinfeção foram seguidas, estando agora a aguardar contactos por parte das autoridades de saúde para outras medidas, "se for caso disso".

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 573 mil mortos e infetou mais de 13,12 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.668 pessoas das 47.051 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.