O ministro que tutela o sector do Desporto, Fernando Elísio Freire, afirmou hoje que no que respeita ao apoio devido a pandemia do novo coronavírus “ninguém vai ficar para trás”, quer na cultura, desporto e outros.

O ministro fez essas considerações, em conferência de imprensa, após o primeiro-ministro apresentar novas medidas para assegurar e garantir a satisfação das necessidades básicas das famílias mais vulneráveis e não só.

“O Governo já tomou as medidas necessárias, em tempo, e que abarcam todos os cabo-verdianos”, disse, informando que esta tarde vai haver uma conferência dos representantes no parlamento para que “o mais rapidamente” se possa fazer a sessão parlamentar que dá ao Presidente da República a autorização para anunciar o estado de emergência.

Fernando Elísio Freire informou ainda que ao Governo e ao seu ministério, mais concretamente, não chegou até então nenhum pedido de apoio de clubes desportivos para enfrentarem a situação devido ao Covid-19, mas garantiu que ninguém vai “ficar para trás”.

Cabo Verde registou até o momento cinco casos positivos do novo coronavírus, sendo três na ilha da Boa Vista e dois na cidade da Praia. Entre os três casos positivos na ilha da Boa Vista, um resultou em óbito, o inglês de 62 anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.