Vira o disco e toca o mesmo: New England Patriots vence o Superbowl 2019

Patriots, de Tom Brady, e Rams garante Superbowl no prolongamento
créditos: SAPO Desporto

O segundo mês do ano começou como um dos acontecimentos desportivos mais mediáticos a nível planetário. Falamos claro está do Super Bowl.

Num evento que foi seguido atentamente em Portugal e não só, os New England Patriots venceram os Los Angeles Rams por 13-3, numa partida que teve lugar em Atlanta.

O conjunto liderado pelo já mítico 'quarterback' Tom Brady, naquele que foi o Super Bowl com menos pontos da história, repetiu as vitórias de 2002, 2004, 2005, 2015 e 2017 na final da Liga norte-americana de futebol americano.

Para além do que se passa dentro de campo, o Superbowl também faz 'virar cabeças' pelo que acontece durante as paragens de jogo, momentos em que milhões param para assistir aos criativos anúncios publicitários e à atuação musical de afamados artistas mundiais.

As melhores imagens do Super Bowl 2019
As melhores imagens do Super Bowl 2019
Ver artigo

Mas a título de curiosidade, o Superbowl também parece que está a perder terreno para o 'mais português' soccer, ou futebol como dizemos por estas bandas. Disputado no mesmo palco da final da Major League Soccer (MLS), o jogo entre os New England Patriots e os Los Angeles Rams, teve uma assistência de 70081 espectadores, menos três mil que a final da liga norte-americana de futebol. O jogo entre os Atlanta United e os Portland Timbers teve 73019 adeptos no Estádio Mercedes-Benz. O facto da equipa da casa, - os Atlanta United - ter marcado presença na final pode explicar estes números.

O resgate do corpo de Emiliano Sala

Emiliano Sala e o piloto foram expostos
A supporter stands in front of flowers placed in front of a giant portrait of Argentinian former Nantes' forward Emilianio Sala outside La Beaujoire stadium before the French Cup football match between FC Nantes and Toulouse FC in Nantes on February 5, 2019. (Photo by Sebastien SALOM-GOMIS / AFP) créditos: SAPO Desporto

O tema 'Emiliano Sala' também andou nas bocas do mundo do desporto no início de 2019. No dia 7 de fevereiro foi confirmada a notícia que amigos e familiares do jogador argentino não queriam ouvir: A confirmação de que o corpo encontrado no avião submerso no Canal da Mancha, se tratava efetivamente do atleta.

Chegava assim ao fim um caso que gerou uma imensa onda de solidariedade, duas semanas decorridas sobre o desaparecimento da aeronave que transportava o jogador de França para Cardiff no País de Gales. O corpo acabou por ser identificado depois dos destroços do avião terem sido localizados por uma equipa de busca privada contratada pela família.

Sala tinha assinado por três anos e meio, naquela que foi a maior transferência do futebol galês. O atleta foi treinado por Sérgio Conceição no Nantes, em 2016/2017.

O dia trágico no ninho do Urubu

As imagens da tragédia no centro de treinos do Flamengo
A tristeza de familiares e amigos depois da tragédia no Ninho do Urubu. EPA/ANTONIO LACERDA créditos: EPA/ABNTONIO LACERDA

A tragédia tomou conta em fevereiro do Centro de estágio do Flamengo, o 'Ninho do Urubu'. 10 jogadores perderam a vida na sequência de um incêndio que deflagrou durante a madrugada, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro no Brasil.

O alerta foi dado às autoridades às 5h17 (hora local do Brasil)

Quem são as vítimas mortais do fogo que atingiu o centro de treinos do Flamengo
Quem são as vítimas mortais do fogo que atingiu o centro de treinos do Flamengo
Ver artigo

O centro de treino do Ninho do Urubu é considerado um dos mais modernos da América Latina e possui um módulo para a equipa profissional do Flamengo, dois campos de treino e um espaço específico para a preparação de guarda-redes, além da área de alojamento para atletas das camadas jovens, que foi atingida no incêndio.

Sporting disse 'adeus' à Liga Europa frente ao Villarreal

Villarreal vs Sporting
Fornals celebra o golo marcado. PAU BARRENA / AFP créditos: AFP

Depois de ter perdido o encontro da primeira mão por 1-0, o Sporting empatou no terreno do Villarreal (1-1) e despediu-se da Liga Europa nos 16 avos de final.

Bruno Fernandes ainda abriu o marcador no final do primeiro tempo, mas a expulsão de Jefferson a abrir a segunda parte complicou a tarefa leonina. Fornals acabaria por empatar para o submarino amarelo.

Cumpriu-se a sina. Em 17 visitas, o clube verde e branco nunca conseguiu vencer em terras de 'nuestros hermanos'.

Qatar fez história ao tornar-se campeão asiático pela primeira vez

O Qatar sagrou-se pela primeira vez campeão asiático de futebol, depois de bater na final o Japão por 3-1, em partida disputada no Estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi.

Qatar sagra-se pela primeira vez campeão asiático de futebol ao vencer Japão
Qatar sagra-se pela primeira vez campeão asiático de futebol ao vencer Japão
Ver artigo

A seleção do Qatar surpreendeu o favorito Japão numa competição em que terminou com 19 golos marcados e um sofrido.

Carlos Queiroz nomeado seleccionador da Colômbia

Foi no mês de fevereiro que Carlos Queiroz foi nomeado como selecionador colombiano.

O técnico foi recebido à chegada a Bogotá, capital da Colômbia, por centenas de pessoas.

Carlos Queiroz confirmado na seleção colombiana
Carlos Queiroz confirmado na seleção colombiana
Ver artigo

Queiroz, antigo selecionador português e campeão mundial sub-20 em 1989 e 1991, também com a seleção lusa, orientou até ao passado mês de janeiro a seleção do Irão.

Portugal perdeu a final do primeiro europeu de futsal feminino

Final Europeu futsal feminino: Portugal-Espanha
A desilusão no rosto das jogadoras portuguesas @JOSE COELHO/ LUSA créditos: © 2019 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

A seleção das quinas perdeu o primeiro europeu de futsal feminino por 4-0 frente à Espanha, numa competição que teve lugar em Gondomar.

Numa final em que a equipa lusa acabou por dar uma boa réplica, a congénere espanhola acabou por ser mais eficaz, conquistando a competição.

É um título histórico para o país vizinho que assim venceu o primeiro europeu de futsal feminino.

Mourinho aceitou um ano de prisão, com pena suspensa

Em fevereiro, José Mourinho aceitou um ano de prisão, com pena suspensa e uma multa de dois milhões de euros por fuga ao fisco em Espanha.

O técnico de 56 anos era acusado de fraude fiscal pelo fisco espanhol, por ocultar receitas de 3,3 milhões de euros em 2011 e 2012, relativas a direitos de imagem.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.