A delegação das Forças Armadas de Cabo Verde aos VII Jogos Militares Mundiais começam hoje a competir na cidade chinesa de Wuhan nas modalidades de boxe e atletismo neste evento que decorre de 18 a 27 deste mês.

O chefe da missão, o capitão Isaías Brito, disse que a delegação cabo-verdiana está ciente do nível e ritmo competitivo que uma prova deste nível requer, mas que as Forças Armadas estão preparadas para representar o país com a máxima dignidade em busca de resultados.

Cabo Verde está representado nesta competição mundial por seis militares, sob a coordenação do treinador, o sargento-chefe Adilson Gomes, de dois atletas nas disciplinas de boxe e outros tantos no atletismo.

Na competição de boxe, as Forças Armadas (FA) vão competir com o atleta olímpico Davilson Morais nas categorias de +91 quilogramas e do segundo-cabo Hélder Varela, nos 56 quilogramas.

No atletismo, o primeiro-cabo Paulo Cardoso vai representar o país nas provas masculinas dos 1500 e 5000 metros, enquanto a soldado Zélia Rodrigues vai competir na prova feminina dos 5000 metros.

Realizada sob a égide do Conselho Internacional do Desporto Militar (CISM, sigla inglesa) considerada a segunda maior organização desportiva mundial, suplantada apenas pelo Comité Olímpico Internacional, a participação das FA nestes Jogos Militares Mundiais, é para Isaías Brito “o motivo de orgulho e uma mais-valia para Cabo Verde neste evento mundial”.

A participação de Cabo Verde nos Jogos da China, segundo Brito, simboliza a concretização de esforços que vinham sendo envidados junto do CISM desde o ano transacto, alegando que para além das Forças Armadas é o país que vai estar representado.

Esta vai ser a segunda participação de Cabo Verde nos Jogos Militares Mundiais, após a sua primeira em 2011, no Rio de Janeiro, Brasil.

Quase 10 mil militares de mais de 100 países vão se reunir em Wuhan, nesta região central da China, “para valorizar a glória militar e a paz mundial”, de acordo com o Comité Executivo dos Sétimos Jogos Mundiais Militares do CISM”, neste que se afigura como a maior edição, com o maior número de participantes e a mais alta influência desde que o evento foi criado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.