E tudo aconteceu ao Sporting, novamente...

O mês de outubro fico marcado pela rescisão do Sporting “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de violência” recente. Em causa os incidentes ocorridos no Pavilhão João Rocha.

FC Alverca vs Sporting CP
Bruno Fernandes entrou no intervalo mas não conseguiu evitar a derrota. TIAGO PETINGA/LUSA créditos: © 2019 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
VÍDEO: Os golos do triunfo do Alverca sobre o Sporting
VÍDEO: Os golos do triunfo do Alverca sobre o Sporting
Ver artigo

As más notícias para os lados de Alvalade continuaram, uma vez que o Sporting, detentor do título, foi eliminado na terceira ronda da Taça de Portugal em futebol, ao perder em Alverca por 2-0, causando ainda mais indignação junto dos adeptos. FC Porto seguiu em frente ao bater o Coimbrões por 4-0, resultado igual alcançado pelo Benfica na Cova da Piedade. Surpresas foram as eliminações do Vitória de Guimarães, pelo Sintra Football nas grandes penalidades, e do Marítimo perante o Beira-Mar, também nos penáltis.

Com apenas 17 anos, Fábio Silva somou quatro recordes em poucos meses, o mais recente, foi o de que se tornou no jogador mais jovem de sempre a marcar pelo FC Porto na Taça de Portugal.

Benfica intermitente na Liga dos Campeões

Na Liga dos Campeões, um mês desequilibrado para o Benfica, que foi derrotado em São Petersburgo pelo Zenit, mas conseguiu vencer em casa os franceses do Lyon. Já no campeonato português, os campeões nacionais assumiram a liderança e não a largaram mais até ao final de 2019.

No início do mês, João Félix, avançado de 19 anos, tornou-se no mais jovem jogador do Atlético de Madrid a marcar na Liga dos campeões, inaugurando o marcador frente ao Lokomotiv Moscovo.

Jesus aos saltos, Maracanã em ebulição: as melhores imagens do Flamengo-Grêmio
Jesus aos saltos, Maracanã em ebulição: as melhores imagens do Flamengo-Grêmio
Ver artigo

A loucura Jesus começa a espalhar-se pelo Rio de Janeiro

Jogadores do Flamengo festejam vitória sobre o Grêmio
Jogadores do Flamengo festejam vitória sobre o Grêmio

No Brasil, o Flamengo, de Jorge Jesus, reforçou o estatuto de indiscutível melhor equipa brasileira do momento, ao ‘arrasar’ o Grêmio por 5-0 e conquistar, 38 anos depois, um lugar na final da Taça Libertadores em futebol.

No que toca a Supertaças em diferentes modalidades em Portugal, o FC Porto conquistou esta prova em hóquei em patins pela 23.ª vez, quarta consecutiva, ao bater a Oliveirense por 6-4, em Coimbra. Já em râguebi, o Belenenses ganhou pela quinta vez este troféu, ao derrotar o Agronomia por 46-3, nas Caldas da Rainha. E em voleibol, o Benfica conquistou, pela oitava vez, ao vencer a Fonte Bastardo, por 3-0, em Almada.

Rui Jordão, ex-avançado do Sporting e da Seleção de Portugal, morreu neste mês aos 67 anos. O antigo avançado dos 'leões' estava internado no Hospital de Cascais devido a um problema cardíaco.

Italo Ferreira brilha em Peniche

No surf, o brasileiro Italo Ferreira ganhou o Meo Rip Curl Pro Portugal, em Peniche, frente ao rival sul-africano Jordy Smith, e assumiu a liderança do 'ranking' mundial. Ítalo Ferreira, que venceu pela segunda vez consecutiva a prova da elite na Praia dos Supertubos, ‘puxou’ do seu jogo aéreo para bater Jordy Smith, com o brasileiro a conseguir uma pontuação total de 18,43 pontos, tendo inclusivamente conseguido uma nota perfeita (10 pontos).

As melhores imagens dos Mundiais de Atletismo
As melhores imagens dos Mundiais de Atletismo
Ver artigo

Outubro também foi um período de grandes metas e recordes para o atletismo. O queniano Eliud Kipchoge, recordista mundial da maratona, foi o primeiro atleta a correr os 42,195 quilómetros abaixo das duas horas (1:59.40,2), em Viena, numa corrida não oficial organizada para o efeito.

Também do Quénia, a atleta feminina Brigid Kosgei bateu o recorde mundial da maratona, ao correr a distância em 2:14.04 horas, em Chicago, fazendo cair a marca de 2:15.25 fixada pela britânica Paula Radcliffe em 2003.

Imagem do dia: Atleta da Guiné-Bissau ajuda colega de Aruba a cortar a meta nos Mundiais de Atletismo
Guinea-Bissau's Braima Suncar Dabo (R) helps Aruba's Jonathan Busby to the finish line during the Men's 5000m heats at the 2019 IAAF World Athletics Championships at the Khalifa International stadium in Doha on September 27, 2019. (Photo by ANDREJ ISAKOVIC / AFP) créditos: SAPO Desporto

Foi uma das imagens do ano no primeiro dia dos Mundiais de Atletismo que decorreram em Doha, Qatar. Jonathan Busby, atleta de Aruba, uma pequena ilha das Caraíbas, terminou a prova dos 5000 metros masculinos agarrado a Braima Suncar Dabo, atleta da Guiné-Bissau. Os dois atletas terminaram a prova com um tempo quase na casa dos 18 minutos mas acabaram desqualificados. Apesar disso, foram alvos de uma enorme ovação por parte dos adeptos presentes no estádio Khalifa.

As melhores imagens do mês de outubro

Cá dentro, o etíope Andualem Shiferaw venceu a maratona de Lisboa com recorde da prova (2:06.00 horas), enquanto o queniano Titus Ekiru ganhou meia maratona de Lisboa, com o tempo de 1:00.12 horas, um recorde da prova.

Para os que gostam de ouvir os motores a ‘roncar’, o finlandês Valtteri Bottas venceu o Grande Prémio do Japão de Fórmula 1, 17.ª prova da temporada, que deu o sexto título mundial de construtores à Mercedes.

Já o estónio Ott Tanak sagrou-se campeão mundial de ralis, colocando um ponto final na série de seis títulos do francês Sébastien Ogier.

Fez-se história no Irão, com mulheres presentes nas bancadas

Iran vs Cambodia
Mulheres iranianas no estádio de futebol. EPA/ABEDIN TAHERKENAREH
As imagens de um dia histórico no Irão: mulheres num jogo de futebol 40 anos depois
As imagens de um dia histórico no Irão: mulheres num jogo de futebol 40 anos depois
Ver artigo

As mulheres iranianas fizeram história ao entrar num estádio de futebol, em Teerão, pela primeira vez em décadas, para assistir ao jogo Irão-Camboja, de qualificação asiática para o Mundial de futebol de 2022. O encontro assumiu uma importância suplementar depois de o Irão, perante a pressão das instâncias que tutelam o futebol mundial, ter atribuído 4.000 ingressos a mulheres, banidas dos estádios desde 1979, num recinto com a capacidade para cerca de 80.000 espetadores.

No ciclismo, o espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto), vencedor da Volta a Portugal em bicicleta em 2017 e 2018, foi suspenso preventivamente por doping. Porém, também houve boas notícias: Maria Martins conquistou a medalha de bronze no ‘scratch’ feminino dos Europeus de ciclismo de pista, em Apeldoorn, na Holanda.

Quanto aos atletas portugueses de diferentes modalidades, Patrícia Sampaio venceu a medalha de bronze me -78 kg nos Mundiais de judo de juniores, em Marraquexe, e José Ramalho conquistou a prata em K1 dos Campeonatos do Mundo de maratonas de canoagem, em Shaoxing, na China.

O mês de outubro terminou com um empate a um golo entre o FC Porto e o Marítimo para o campeonato português e o treinador 'portista' deu uma conferência de imprensa 'quente' em que atirou em todas as direções, falando de um relvado em péssimas condições no Estádio dos Barreiros e do tempo perdido durante a partida e do anti-jogo feito pelo Marítimo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.