A atleta norte-americana Deajah Stevens, finalista olímpica nos 200 metros dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, foi suspensa por 18 meses, por falhar as obrigações de localização antidoping, e ficará afastada de Tóquio2020.

Stevens, sétima classificada no Rio2016, estava já suspensa provisoriamente e o castigo, hoje confirmado pela Unidade de Integridade do Atletismo, tem retroativos a 17 de fevereiro.

A norte-americana, de 25 anos, quinta classificada nos Mundiais de 2017, em Londres, falhou em 2019 três controlos antidopagem inopinados, não cumprindo a regra relativa à localização, segundo a qual os atletas têm que indicar os locais onde permanecem.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.