Brasil, Espanha e Dinamarca partiram com os mesmos pontos para a regata que atribuía o dobro da pontuação e foram as campeãs do Mundo em 2014 a ser mais fortes, arrecadando o ouro.

A prata foi para as neozelandesas Alex Maloney e Mollly Meech, que chegaram em segundo na regata decisiva, enquanto o bronze foi para as dinamarquesas Jena Hansen e Katja Salskov-Iversen.

Martine Grael, de 25 anos, é filha de Torben Grael, uma das lendas da vela brasileira, já que tem no palmarés cinco medalhas olímpicas, duas delas de ouro. O pai é o treinador da dupla, bem como do filho Marco que, em equipa com Gabriel Borges, foi 11.º na classificação em 49er, classe ganha pelos neozelandeses Peter Burling e Blair Tuke.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.