O porta-voz do Comité Olímpico Internacional (COI) Mark Adams afirmou hoje que, apesar das contrariedades, os Jogos do Rio2016 podem ser classificados como "os mais perfeitos dos Jogos imperfeitos".

"Alguém descreveu estes Jogos [JO do Rio de Janeiro de 2016] como os mais perfeitos dos jogos imperfeitos", disse Mark Adams numa conferência de imprensa sobre o balanço do evento acrescentando que essa "é uma boa definição".

Apesar das assistências terem sido aquém das expetativas, dos problemas de transportes, da poluição da água e da crise política e económica que o Brasil ainda está a atravessar, o porta-voz do COI acredita que "de um ponto de vista operacional, tudo funcionou além das nossas expetativas".

O diretor-executivo dos Jogos Olímpicos do COI, Christophe Dubi, também presente na conferência, afirmou que “tendo em conta os resultados”, podem realmente “tirar o chapéu” à organização, acrescentando que é "impressionante" aquilo que eles fizeram "dadas as dificuldades".

De acordo como o COI, depois do JO do Rio2016, a cidade do Rio de Janeiro "transformou-se".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.