O 1º de Agosto revalidou nesta sexta-feira, em Luanda, a Supertaça Francisco de Almeida, em andebol sénior feminino, mercê do triunfo diante do Petro de Luanda, por 27-23, em jogo disputado no pavilhão da Cidadela, com quase lotação esgotada.

A competição, que abre oficialmente a época de 2020, marcou a estreia de Nelson Catito, como treinador do 1º de Agosto, e da guarda-redes do Petro, a russa Viktoria Polchikova.

Com um ligeiro  equilíbrio na primeira parte que permitiu ao Petro de Luanda sair ao intervalo com curta vantagem (14-12), após dois empates (9-9 e 10-1), as "militares" tiraram proveito da maior experiência competitiva, assim como dos erros defensivos das adversárias, que durante certo período apresentaram falta de consistência.

Com o bloco defensivo funcional e eficazes no ataque, as "rubro-negras" começaram a desenhar a vitória (19-16) nos primeiros sete minutos da etapa complementar.

Já em desvantagem no marcador, o Petro viu a sua pivô Rissia Oliveira ser expulsa, situação que veio desequilibrar ainda mais as peças no terreno de jogo.

Quando faltavam cinco minutos para o fim, as comandadas de Vivaldo Eduardo relançaram o desafio ao concretizarem três ataques consecutivos contra nenhum das contrárias, fixando a diferença em três golos, mas ainda assim insuficientes para evitar a derrota por 23-27.

Viktoria Polchikova, reforço da baliza do Petro, jogou apenas sete minutos no decorrer da etapa inicial.

Com o triunfo desta noite, o 1º de Agosto eleva para três o número de conquistas, enquanto  o Petro é o maior vencedor com dez troféus da prova, que visa homenagear o primeiro presidente da Federação Angolana de Andebol, Francisco de Almeida.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.