A seleção espanhola de andebol, campeã em título, e a Croácia conseguiram hoje uma boa vantagem no grupo I da ronda principal do Euro2020, ao vencerem a República Checa e a anfitriã Áustria, respetivamente.

Em Viena, os espanhóis voltaram a apresentar-se a bom nível, desta vez perante os checos, que nunca mostraram capacidades para discutir um resultado que esteve sempre controlado pelos atuais campeões europeus.

O central checo Ondrej Zdrahala, autor de oito golos, fez o que pôde para atenuar números expressivos no resultado final (31-25), que deixa a Espanha bem encaminhada na ‘main round’, com quatro pontos, sendo que dois foram transportados da fase preliminar.

Também na capital austríaca e com os mesmos quatro pontos, a Croácia impôs-se perante a Áustria, com um esclarecedor 27-23, num jogo em que se destacou o ponta Zlatko Horvat (seis golos) e os atletas de primeira linha Domagoj Duvnjak e Luka Cindirc, com cinco cada.

Na última partida do dia, a Alemanha, que teve no ponta Timo Kastening o melhor elemento (seis tentos em seis remates), também não teve dificuldades para vencer à Bielorrússia (31-23), sem argumentos para lutar pela vitória.

Portugal, que disputa pela sexta vez a fase final do Campeonato da Europa, no qual tem como melhor resultado o sétimo lugar alcançado em 2000, na Croácia, após 14 anos de ausência, inicia a participação na ronda principal na sexta-feira, frente à Suécia, em jogo com início às 20:30 (19:30 em Lisboa).

A ‘equipa das quinas’ ficou integrada no Grupo II da ronda principal do Euro2020, em conjunto com Noruega, Hungria, Eslovénia (todas com dois pontos, conquistados nos jogos da primeira fase, frente à outra seleção apurada), Suécia e Islândia, ambas em ‘branco’, tal como Portugal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.