O FC Porto foi hoje à Bielorrússia vencer o Meshkov Brest por 35-32, segurando o quinto lugar no grupo B da Liga dos Campeões de andebol, na qual vai disputar uns inéditos oitavos de final.

A depender apenas de si para manter o quinto posto – deixou o campeão da Europa, o Vardar, em sexto na ‘poule’ -, os ‘dragões’ não facilitaram e asseguraram que terão agora como adversário nos ‘oitavos’ o quarto classificado do grupo A, em vez do terceiro.

Neste momento, os alemães do Flensburg são os quartos posicionados, mas podem ser desalojados no domingo pelos dinamarqueses do Aalborg – venceram os dois jogos entre ambos –, em caso de triunfo na receção aos suecos do Elverum Handball, últimos do grupo.

Os ‘dragões’, que ao intervalo lideravam por 17-13, estiveram na frente desde o parcial de 3-2, aos cinco minutos, e raramente permitiram aos bielorrussos aproximar-se, sendo que o melhor que estes conseguiram foi reduzir para dois golos (18-16), no início da etapa complementar.

O guarda-redes ‘azul e branco’ Thomas Bauer foi decisivo, com 17 defesas, ajudando a compensar alguma displicência dos companheiros em alguns contra-ataques, bem como em falhas técnicas pouco habituais.

No fim, ambas as equipas remataram 54 vezes, sendo que os portugueses foram mais eficazes, com 65% de êxito contra os 59% do conjunto do Leste da Europa, em encontro com apenas um golo de sete metros para cada lado.

O bielorrusso Jaca Malus foi, claramente, o melhor marcador do encontro, com 10 golos, enquanto Miguel Alves se revelou o portista mais certeiro, com cinco tentos, mais um do que André Gomes, Hernández Zulueta e Victor Iturriza.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.