Miguel Laranjeiro, presidente da Federação de Andebol de Portugal (FPA), disse hoje que o organismo que dirige tudo fará para dar continuidade aos resultados “de excelência” que o andebol português alcançou nos últimos meses.

“Este tem sido um ano especial, um ano de excelência, quer pela participação das seleções de formação em todos os campeonatos da Europa e do mundo, quer pelas prestações dos clubes nas competições europeias, quer pelo apuramento da seleção nacional para a fase final do Europeu de 2020, 14 anos após a última presença, e que de facto podemos considerar a cereja no topo do bolo”, disse o dirigente à margem da apresentação do novo patrocinador do campeonato português.

Pese a satisfação pelo nível alcançado, Miguel Laranjeiro lembrou que há trabalho a fazer, deixando a promessa de dar condições ao andebol para registar mais sucessos como os que têm marcado o último ano.

“O desafio que temos é manter este nível. Não ficamos sentados à sombra do sucesso, embora tenhamos a consciência de que chegamos a um patamar que há muito tempo não ocupávamos. Ainda assim, focamo-nos sempre no desafio seguinte, que passa por manter esta qualidade”, disse o presidente da FPA.

Quanto ao campeonato, que neste momento leva já cinco jornadas disputadas, Miguel Laranjeiro elogiou o trabalho desenvolvido pelos clubes e desejou que a prova mantenha a emoção até final.

“Para qualquer presidente de uma federação, o ideal é que a competitividade se mantenha até ao final. É uma prova longa e o que sinto é que todas as equipas, embora em graus diferentes, têm feito um trabalho focado e muito empenhado nos seus objetivos. Isso é bom para o crescimento da modalidade”, concluiu.

A FPA assinou hoje um patrocínio com um jogo de apostas desportivas, que dará nome ao campeonato nacional de andebol, e que Miguel Laranjeiro considera que “vai engrandecer a modalidade” e “será um parceiro muito importante na estratégia de afirmação do andebol a nível nacional”.

Com cinco jornadas decorridas, o campeonato nacional de andebol é liderado por Sporting e FC Porto, que somam por vitórias todos os encontros realizados, e que são também os dois representantes portugueses na Liga dos Campeões, algo inédito para a modalidade a nível nacional.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.