O lutador irlandês, Conor McGregor, entregou-se esta madrugada à polícia de Nova Iorque depois de ter provocado desacatos nos bastidores do pavilhão Barclays Center após a conferência de imprensa do próximo evento da UFC.

De acordo com as informações veiculadas pela imprensa local, Conor McGregor e mais duas dezenas de pessoas atiraram barreiras de metal contra um autocarro com lutadores da UFC tendo inclusive ferido o lutador Michael Chiesa, que teve de ser levado para o hospital com cortes na face.

Segundo a imprensa norte-americana, McGregor já tinha um mandado de captura emitido contra si, razão pela qual se entregou às autoridades.

"A coisa mais nojenta que já aconteceu na história desta companhia", reagiu Dana White, presidente da UFC, aos incidentes provocados pelo antigo campeão de pesos leves.

Questionado sobre a vontade de voltar a trabalhar com McGregor, Dana White respondeu: "De momento, certamente que não".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.