A cidade de Luanda acolhe no sábado, dia 5 de maio, a primeira edição do Open de Luta Feminina, a partir das 10 horas no Pavilhão Multiusos – situado diante do Instituto Médio de Educação Física.

Neste Open de carácter nacional as atletas, juniores e seniores, vão competir de forma individual num sistema de eliminatórias. A competição contará com diversas categorias, escalonadas por peso.

As inscrições decorrem e terminam nesta quinta-feira à tarde (3 de maio).

Para o dia seguinte está agendada a reunião técnica do Open e a pesagem dos atletas, na sede da Federação Angolana de Lutas Associadas (FALUTAS), no Complexo da Cidadela Desportiva.

O presidente da FALUTAS, Miguel Kindieco Luvumbu Balanga, antigo atleta de luta livre, afiança ao SAPO que os preparativos decorrem a bom ritmo, tanto a nível técnico como administrativo.

Segundo o dirigente, este “será um torneio aberto, onde poderão competir também as atletas de outras províncias”. “Esperamos ter muitas participações, porque queremos ver o actual ritmo e nível competitivo das nossas atletas”, conclui.

Miguel Kindieco espera ainda que esta prova, a primeira do seu mandato à frente da FALUTAS, seja realizada com sucesso, de modo a motivar mais as praticantes, a atrair novos talentos e a entreter o público.

Os prémios do Open não serão em dinheiro, mas haverá troféus e medalhas para as vencedoras. Além disso, a organização garante certificados de participação para todas as atletas.

O Open servirá, acima de tudo, para seleccionar duas atletas, uma júnior e outra sénior, para um curto estágio pré-competitivo num dos maiores centros de alto rendimento desportivo da China, durante cinco dias.

Durante este estágio, a duas atletas terão acompanhamento de um técnico angolano e dos profissionais que leccionam no mais prestigiante centro de alto rendimento daquele país asiático.

Depois do estágio, a equipa técnica das selecções nacionais de luta continuará a acompanhar as atletas, tendo em vista a participação de Angola no Campeonato Africano de Luta Feminina, em 2019.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.