Os campeonatos nacionais de corta-mato longo, previstos para domingo em Vale da Cambra, foram cancelados, informou hoje a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA), devido ao surto do Covid-19.

“Por decisão da Federação Portuguesa de Atletismo, os Campeonatos de Nacionais de Corta Mato Longo passam a ter data marcada para a época desportiva de 2020/2021, concretamente em novembro de 2020, em Vale de Cambra”, disse o presidente da FPA, Jorge Vieira.

Na mesma nota, o organismo do atletismo português adianta que também os campeonatos de marcha serão afetados, com a competição, que estava agendada para sábado, em Olhão, a ser adiada, mas ainda sem data prevista.

A Federação justifica estas medidas em consonância com as orientações nacionais, especificamente a recomendação do cancelamento ou adiamento de eventos em massas, com medidas que visam “travar a propagação do COVID-19”.

Já hoje, a taça da Europa de lançamentos em Leiria, que estava agendada para 21 e 22 de março, foi adiada, sem data marcada, pela Associação Europeia de atletismo.

Em Portugal tem sido muitos os eventos cancelados, adiados ou que se vão realizar à porta fechada, desde o futebol, basquetebol ao voleibol, ou ao cancelamento de provas, no ciclismo, judo, ténis de mesa, entre outras modalidades.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.200 mortos. Portugal regista 41 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.