Os velocistas da província do Huambo (classe T11 - deficiência visual total) José Chamoleia e Regina Dumbo são os destaques da pré-seleção angolana, visando o Campeonato do Mundo, a disputar-se de 7 a 15 de novembro próximo, nos Emirados Árabes Unidos.

Os atletas, fruto do projeto de desenvolvimento do Comité Paralímpico Angolano (CPA), são as principais apostas para a obtenção dos mínimos de acesso aos jogos paralímpicos de Tóquio (Japão), em 2020.

Na última presença de Angola numa competição internacional, em julho último, no Meeting de Tunes (Tunísia), José Chamoleia conquistou duas medalhas de ouro, nos 200 e 400 metros e uma de bronze nos 100.

Já Regina Dumbo arrebatou o ouro nos 100 e 200 metros.

Eis os sete pré-convocados, entre velocistas deficientes visuais e motores, cujos trabalhos iniciam no dia 7, em Luanda, sob a liderança do selecionador nacional José Manuel: Esperança Gicasso (Luanda), Emiloide Adelino (Namibe), Regina Dumbo, José Chamoleia (ambos do Huambo), Juliana Moko (Benguela), Oliveira André (Malanje) e Manuel Jaime (Cuanza Sul).

Os atletas guias convocados são: Nicolau Palanca (Luanda), Ngoy Pierrot (Huambo), Abel Santo (Cuanza Sul), Luís Manuel e Márcio Neto (ambos de Luanda).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.