O estádio de futebol 11 de Novembro vai beneficiar em 2020 de obras de reabilitação, com destaque para a colocação de uma pista de atletismo.

A ministra da Juventude e Desportos de Angola, Ana Paula do Sacramento Neto, anunciou no passado domingo o facto, em entrevista à Rádio 5, tendo referido que as obras no imóvel constam do Orçamento Geral do Estado (OGE) para o próximo ano.

Inaugurado no dia 27 de Dezembro de 2009 para acolher o CAN'2010, organizado por Angola, o estádio até já possui uma pista, mas nunca foi usada em provas oficiais, pela má qualidade, segundo a direcção da Federação e agentes da modalidade.

Localizada na comuna do Camama, nordeste do município do Kilamba Kiaxi, a reabilitação da infra-estrutura, com capacidade de 50 mil espectadores, surge numa altura em que o cenário não dignifica o desporto nacional.

Infiltração de águas em consequência de roturas nas tubagens, elevadores avariados e fissuras constituem as principais preocupações.

Envolto em problemas financeiros para fazer face aos custos de manutenção, fundamentalmente, os clubes 1º de Agosto e Petro de Luanda são os maiores contribuintes. Ambos pagam por cada jogo um milhão de kwanzas.

O Estádio Nacional 11 de Novembro, após a sua inauguração, recebeu nove jogos durante o CAN'2010, incluindo cinco do Grupo A, um do Grupo B, quartos-de-final, semi-final e final.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.