Ao cronometrar 4:04.53 na prova dos 1500 metros do Campeonato do Mundo de atletismo adaptado, que decorre em Dubai, Manuel Jaime "bateu" o recorde nacional estabelecido há 17 anos pelo já retirado André Augusto (4:12.08).

Esta marca foi obtida na noite de quinta-feira, no evento qualificativo aos Jogos Paralímpicos de Tóquio (Japão) em 2020.

Na prova para atletas deficientes motores (classe T46), Jaime não se qualificou para a outra fase, mas viu compensado o seu esforço, sendo agora o atleta mais valioso da especialidade no país.

André Augusto é actualmente treinador da modalidade na província de Luanda, no âmbito do programa do Comité Paralímpico Angolano de valorização e integração no seu seio de antigos praticantes.

Foi dos primeiros atletas a obter medalhas para o país. Em 2002 conquistou tripla prata nos 400, 800 e 1500 metros no Campeonato Africano, decorrido no Egipto.

Já Manuel Jaime, 25 anos de idade, é dos mais promissores na modalidade com participações meritosas em competições internacionais, a última das quais em Julho último, no Meeting Internacional da Tunísia, onde arrebatou três medalhas (prata nos 800 metros e duas de bronze nos 400 e 1500 metros).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.