Uma ultramaratona de 200 quilómetros no interior de São Tomé, organizado pela Global Limits, vai começar no domingo, com 60 atletas de 28 países e com o tiro de partida a ser dado pelo primeiro ministro Jorge Bom Jesus.

Os atletas dos diferentes países já se encontram na capital são-tomense e receberam as boas-vindas do ministro da juventude e desportos, Vinício de Pina.

A organização referiu que o evento tem por objetivo "descobrir as paisagens de São Tomé e Príncipe e promover o turismo do arquipélago".

A primeira ultramaratona em São Tomé terá seis etapas, sendo que a primeira começa na roça Agostinho Neto e a última terminará no Ilhéu das Rolas.

Entre os inscritos estão 58 estrangeiros e dois são-tomenses, totalizando participantes de 28 países.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.