A Corrida São Silvestre de São Paulo foi hoje dominada por atletas africanos, com um pódio masculino 100% etíope e encabeçado por Belahy Bezabh e uma 'dobradinha' queniana entre as mulheres.

Bezabh cumpriu os 15 km em 45.05 minutos, depois de um apertado 'sprint' com Dawitt Admasu, vencedor em 2014 e 2017, que terminou com mais um segundo, enquanto Amdework Walelegn cortou a meta em terceiro, oito segundos depois.

Depois do triunfo, o etíope colapsou na sala de imprensa, vítima de insolação, e foi transportado para um hospital para receber tratamento. Segundo a organização da tradicional corrida de fim de ano, Bezabh está recuperado.

No setor feminino, Sandrafelis Tuei ganhou em 50.02 minutos e impôs-se a Pauline Kamulu por 17 segundos, numa corrida em que as duas quenianas não tiveram oposição. O terceiro lugar foi para a etíope Mestawut Truneh, que chegou 3.43 minutos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.