Cátia Ferreira, que compete nos 400 metros, é a única portuguesa em ação na segunda-feira nos Campeonatos do Mundo de atletismo de Doha, a que chega diretamente de um estágio final realizado na Turquia.

Estará na primeira ronda da prova, com início marcado para as 18:20 locais (16:20 de Lisboa) e pela marca com que se apurou, 51,62 segundos, é difícil que consiga aceder às meias-finais, no dia seguinte, apesar do otimismo que demonstra.

"Este está a ser um Campeonato do Mundo muito surpreendente, com resultados inesperados. Espero que seja assim para o meu lado", afirma a atleta, que detém o recorde nacional na volta à pista.

A atleta acrescentou ainda: "Sei que as condições em que se disputa não são as normais, mas espero que quando chegar ao momento certo o meu corpo corresponda ao trabalho que fizemos. Quando estamos bem e nos sentimos no nosso melhor, é consequência que o trabalho feito foi o necessário."

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.