Os Campeonatos do Mundo de atletismo Doha2019 chegam hoje a meio do seu programa, numa jornada que não terá qualquer português a competir no estádio Khalifa, na capital do Qatar.

O dia tem quatro finais agendadas, no salto com vara, nos 800 metros e 200 metros, do setor masculino, e no lançamento do disco, do setor feminino.

A primeira final do dia é o salto com vara, às 20:05 (18:05) em Lisboa, reunindo os três homens que esta época passaram os seis metros, ou seja o norte-americano Sam Kendricks, o polaco Piotr Lisek e o sueco Armand Duplantis.

O grande ausente é o francês Renaud Lavillenie, que não conseguiu passar nas qualificações.

Pelas 21:20 (19:20) começa a final do dardo, em que não é crível que a veterana checa Barbara Spotaková, recordista mundial, consiga revalidar o título, apesar de estar na disputa.

A final deverá ser muito aberta, com todas as sete atletas com mais de 65,00 metros esta época em prova.

A corrida decisiva dos 800 metros está marcada para as 22:10 (20:10), aparecendo o norte-americano Donovan Brazier e o queniano Ferguson Cheruyot Rotich como os atletas em melhor forma, pelo que se percebeu na qualificação, em que causou surpresa a 'queda' do campeão, o francês Pierre-Ambroise Bosse, e também do vice-campeão, o polaco Adam Kszczot.

Quanto aos 200 metros, fecham o programa, pelas 22:40 (20:40) e tudo aponta para a consagração do norte-americano Noah Lyles, de longe o melhor da época e das eliminatórias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.