A Maratona de Roma, agendada para 29 de março, foi cancelada por causa do coronavírus Covid-19, foi hoje anunciado pelos organizadores do evento no seu site oficial.

“Esta é uma mensagem que não queríamos escrever, mas lamentavelmente, como consequência da emergência sanitária e do acordo estabelecido com o decreto do Conselho de Ministros de 04 de março, a maratona ‘Acea Run Rome’ prevista para 29 de março foi cancelada”, lamentaram os organizadores.

Destacaram que “a saúde é um direito que não se pode pôr em perigo” e prometeram “multiplicar os esforços e o entusiasmo para a edição de 2021, em que os vencedores serão premiados com duas medalhas: “a de 2020 como símbolo de resistência e a de 2021 como metáfora de dupla vitória”.

Esta medida surge depois do decreto aprovado na quarta-feira pelo governo italiano sobre as competições desportivas, que dita que todos os eventos que concentrem muitas pessoas serão disputados à porta fechada até 03 de abril, para evitar a difusão do coronavírus no país. No caso da maratona, que seria a 26.ª edição, não foram reunidas as condições de segurança necessárias.

O surto de Covid-19 já provocou mais de 100 mortes e 3.000 pessoas contagiadas na Itália.

Detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, o vírus provocou cerca de 3.300 mortos e infetou mais de 95 mil pessoas em 79 países, incluindo oito em Portugal.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.