Filipe Fialho e Beatriz Sanguino foram os vencedores da 30.ª ddição da S. Silvestre dos Olivais, prova que animou hoje a zona oriental de Lisboa e que contou com mais de mil concorrentes.

O jovem internacional, que este ano se mudou para o Benfica e que esteve recentemente nos Europeus de corta-mato, isolou-se na segunda metade da prova para conquistar o seu primeiro triunfo com a camisola 'encarnada', cortando a meta com o tempo de 32.02 minutos.

"Vinha com intenção de dar o meu melhor na prova, não sabia se dava para vencer, mas consegui. Fico muito satisfeito por vencer com esta camisola vestida", disse o vencedor no final.

Completaram o pódio, Ricardo Ferreira, do Novas Luzes (32.13), e João Bragadeste, do Clube Praças da Armada (32.20).

Na prova feminina, registou-se o triunfo da jovem atleta Beatriz Sanguino, do Ingleses, clube da freguesia, que fez 40.45 minutos no percurso.

"Foi a terceira vez que corri esta prova e vencer quase me deixa sem palavras", disse a inesperada vencedora no final. Subiram ainda ao pódio Sara Batista, do CDUL (41.14), e Cátia Nascimento, do Correr Lisboa (42.40).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.