O base Hermenegildo Santos, com 24 pontos e MVP da competição, levou neste domingo o 1.º de Agosto à conquista do seu 7.º troféu do torneio Vitorino Cunha de basquetebol sénior masculino ao cilindrar o Petro de Luanda por 95-84.

No primeiro quarto da partida, disputada no pavilhão Vitorino Cunha, as duas equipas entram equilibradas, mas os petrolíferos tornaram-se mais ofensivos e venceram o período com uma diferença de um ponto (17-16).

O clube de Lazare Adingono entrou no segundo período mais motivado e ofensivo, enquanto os donos da casa cometiam muitos erros, obrigando Paulo Macedo a pedir alguns minutos de desconto para organizar a equipa.

Os militares conseguiram organizar o sector defensivo e venceram ao intervalo por uma diferença de três pontos (39-33).

No reatamento, os anfitriões surgem melhores no jogo, ao circular mais a bola e tornando-se eficazes na finalização. O Petro, após ter cometido vários erros de palmatória, acabou por perder o período com 16 pontos de diferença (56-71).

Os petrolíferos, com a pretensão de conquistar o seu segundo troféu Vitorino Cunha após ter ganho o primeiro em 2010, procuravam soluções para reduzir a desvantagem de 66-91, quando faltava apenas oito minutos para o final da partida.

Mas os militares estiveram melhores na sua exibição e conseguiram o seu sétimo troféu Vitorino Cunha.

Com a arbitragem de António Bernardo, coadjuvado por Francisco Tando e Fernando Seco, as equipas alinharam da seguinte forma:

1º de Agosto: Pedro Bastos (13), Carlos Cabral (02), Mohamed Malick (18), Edson Ndoniema (03), Jone Pedro (13), Fábio Domingos (00), Felizardo Ambrósio (06), Wilson Ambrósio (00), Mutau Fonseca (00), Eduardo Mingas (05), Hermenegildo Santos (24) e Islando Manuel (11).

Técnico - Paulo Macedo

Petro de Luanda: Olímpio Cipriano (16), Childe Dundão (03), Joaquim Pedro (04), Erickson Silva (03) Aboubakar Gakou (13), Benvindo Quimbamba (17), Gerson Gonçalves (19), Manda João (00), António Deogracio (01), e Aldemiro João (08).

Técnico - Lazare Adingono

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.