Dificuldades financeiras podem impossibilitar a participação da seleção angolana feminina de basquetebol no zonal IV de apuramento para o Afrobasket 2019, segundo o vice-presidente da federação angolana da modalidade, Benjamin Romano.

O responsável, que falava à imprensa na quinta-feira no final de um treino da equipa, afirmou não haver dinheiro para a seleção viajar para a capital do Zimbabwe, Harare, onde de 2 a 8 de junho terá lugar o torneio qualificativo para o próximo Campeonato Africano das Nações 'Afrobasket2019', a ter lugar em agosto, em Bamako (Mali).

Apesar da incerteza, Benjamin Romano defende a continuidade dos trabalhos do conjunto nacional, admitindo a possibilidade de a data da realização do zonal poder sofrer alterações, visto que apenas Angola e o país anfitrião estão inscritos na competição.

A preparação do cinco nacional arrancou há doze dias, no pavilhão 28 de Fevereiro, sob orientação de Apolinário Paquete, num grupo constituído por 10 jogadoras, das quais quatro estiveram no último Afrobasket em 2017, no Mali, nomeadamente Rosa Gala, Felizarda Jorge, Joana António e Nguendula Filipe.

As restantes integrantes da seleção são Nadir Manuel, Regina Pequeno, Erica Guilherme, Zilda Quindanda, Eduarda Gabriel e Avelina Peso.

Angola conquistou o Afrobasket feminino em 2011 e 2013.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.