Depois de Dennis Rodman ter surpreendido ao dar a conhecer o número de mulheres com as quais dormiu ao longo dos anos, agora é a ex-mulher Carmen Electra, a dar conta de um dos episódios mais insólitos vividos pelos dois, quando estiveram juntos.

"Um dia quando os Bulls tinham um dia de folga dos treinos, o Dennis disse que tinha uma surpresa para mim. Tapou-me os olhos e meteu-me na moto dele. Quando me tirou a venda, estávamos no campo central do centro de treinos dos Bulls. Foi uma loucura, parecia-mos dois miúdos numa loja de doces. Estávamos a comer gelados do frigorífico e a fazer sexo em todo o lado - na sala de fisioterapia, na sala dos pesos. Obviamente no campo", contou ao jornal 'LA Times'.

"Para ser sincera, acho que ele nunca treinou tanto como naquele dia", disse a rir.

Sobre o tempo que estiveram juntos, Electra não mostra arrependimentos.

"Não me arrependo. Vi os vários lados do Dennis. Ele dizia sempre 'Ninguém me compreende. Ninguém me entende'. Ele ficava muito emocional às vezes. Mas depois tinha um lado doce e romantico e o lado divertido, de pessoa divertida que gostava de sair e beber e usar casacos de penas. Mas no campo, era um selvagem", explicou.

Carmen aborda ainda o episódio contado por Michael Jordan no documentário 'The Last Dance', em que o lendário basquetebolista teve de ir obrigar Dennis a "tirar o rabo da cama"... tudo isto com Carmen ao lado de Rodman.

"Dennis era muito humilde. Tinha uma casa pequena e uma carrinha. Tinha um sofá na sala de estar. Metia lá um colchão e era lá que dormia-mos. Estava de ressaca e estávamos nus no chão. O Dennis levanta-se para abrir e era o Michael Jordan! Eu levantei-me e tentei esconder-me. Sabia que o Dennis estava em sarilhos", contou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.