O Ministério da Juventude e Desportos (MJD) confirmou, nesta sexta-feira, em Luanda, a recepção de uma comunicação da Comissão de Gestão da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), dando conta do litígio que envolve o ex-técnico da selecção sénior masculina, William Voigt.

De acordo com o Director Nacional dos Desportos, Nicolau Daniel, o documento federativo chegou ao MJD no último dia sete, pelo que brevemente será emitido um parecer.

Falando à Rádio 5, disse tratar-se de uma questão delicada e que dado o período de quarentena (devido à Covid – 19), o órgão de tutela precisou de tempo para estudar o assunto.

O técnico norte-americano William Voigt processou a federação junto do Tribunal Arbitral do Desporto por falta de pagamento de cerca de USD 500 mil.

No entanto, a Comissão de Gestão, liderada por Gustavo da Conceição, declara-se incapaz de pagar, numa altura em que o valor total da dívida, incluíndo outros serviços da instituição por pagar, chega aos USD 1,5 milhões e mais AKz 300 milhões.

O vínculo contractual com o técnico, que se estende até a participação de Angola nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão), transferidos para 2021, foi celebrado com o demissionário presidente de direcção, Hélder da Cruz “Maneda.

Após demitir-se alegando falta de apoios, foi nomeada uma Comissão de Gestão até a realização de eleições ainda este ano.

Em 2019, em um dos seus pronunciamentos, a Ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento Neto, orientou que cada federação elaborasse o respectivo programa tendo em conta a sua dotação financeira anual, prevista no Orçamento Geral do Estado, e que para outras necessidades a alternativa seria o recurso ao patrocínio.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.