Aos 24 anos, o basquetebolista grego Giannis Antetokounmpo é uma das estrelas da NBA e foi mesmo eleito o Jogador Mais Valioso (MVP) da temporada 2018/2019. Mas, a vida do atleta nem sempre foi fácil.

Numa entrevista ao jornal espanhol 'Marca', Antetokounmpo recorda as dificuldades que passou na infância, até chegar ao patamar em que se encontra atualmente.

"Quando era pequeno tinha que dividir as botas com o meu irmão mais velho [Thanasis, seu colega de equipa nos Bucks] porque eram muito caras e os meus pais não podiam comprá-las. Agora tenho mais de 4 mil pares", conta o jogador.

Há seis anos, Antetokounmpo jogava na terceira divisão de basquetebol da Grécia, agora está na NBA e passou de receber algumas centenas de euros para 25 milhões de dólares nos Milwaukee Bucks. Mas, o grego garante que não mudava nada na sua vida.

"Não vou dizer que foi realmente mau, mas foi duro. Tive de fazer coisas, os meus irmãos tiveram de fazer coisas para levar comida para casa. Mas foi bonito. Isso fez-nos mais trabalhadores e se pudesse voltar atrás não deixaria de ter sido um vendedor ambulante. Esse momento da minha vida fez-me ser quem sou hoje", revela.

 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.