O promissor base LaMelo Ball, candidato a ser o número 1 no draft da NBA em 2020, adquiriu a equipa Illawarra Hawks da liga australiana, onde jogou no início desta temporada, anunciou o gerente do jogador, esta quinta-feira.

"Somos donos da equipa. O acordo está feito", disse o empresário Jermaine Jackson à ESPN. "

"Melo ama os fãs de Illawarra, ama essa comunidade. Eles fizeram-nos sentir como se estivéssemos em casa", completou Jackson, que jogou na NBA e na Europa.

LaMelo, de 18 anos, é irmão do Lonzo Ball, do New Orleans Pelicans, e, segundo os especialistas, é o grande favorito a ser escolhido em primeiro lugar no draft da NBA.

A cerimónia está prevista para 25 de junho, mas todo o calendário da NBA poderá sofrer modificações devido à emergência sanitária do novo coronavírus, que forçou a suspensão da temporada a 11 de março.

LaMelo Ball preferiu preparar-se para a NBA fazendo carreira no exterior, primeiro na Lituânia e depois na Liga Nacional Australiana de Basquetebol, ao contrário dos outros jogadores que preferem jogar na liga universitária americana.

O base estreou no Hawks em agosto de 2019, onde obteve uma média de 17 pontos, sete ressaltos e sete assistências nos 12 jogos que disputou com a equipa antes de uma lesão o impedir de terminar a temporada.

A intenção de Ball, eleito o Rookie do Ano na Liga Australiana, de permanecer ligado ao país a longo prazo coincidiu com o fato de os Hakws estarem com problemas e OS seus proprietários estarem à procura de investidores.

"Quando começamos a ouvir falar dos problemas da equipa, conversamos sobre isso e decidimos: 'Vamos ser donos da equipa'", lembrou Jackson.

Atualmente, LaMelo está em casa da sua família, nos arredores de Los Angeles, a treinar para o draft com os seus irmãos Lonzo e LiAngelo. "LaMelo Ball vai concentrar-se na sua carreira na NBA, mas vamos contratar as pessoas certas para gerir tudo. Ele quer criar o melhor programa de basquetebol possível para esta comunidade. Vamos construir um programa em que os rapazes querem jogar", disse Jackson.

Ball, que doou um mês do seu salário dos Hawks para as vítimas dos incêndios na Austrália, planeia fazer estadias na Austrália no futuro quando não tiver compromissos na NBA.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.