A NBA anunciou uma parceria de vários anos com a Microsoft, esta quinta-feira, para construir uma plataforma de inteligência artificial que "personalize e transforme" a a forma como os adeptos experimentem a liga de basquetebol dos Estados Unidos da América.

Com este acordo, a gigante da tecnologia tornar-se-a no Parceiro Oficial em Inteligência Artificial da NBA, da WNBA, da liga de desenvolvimento (G-League) e da federação de basquetebol dos EUA a partir da temporada 2020-21, explicou a liga em comunicado.

A Microsoft e a NBA "criarão uma nova plataforma inovadora direta ao consumidor que usará a inteligência artificial para fornecer transmissões de jogos personalizados de última geração e outras ofertas de conteúdo", descreve o texto.

O objetivo é melhorar a experiência de consumo de conteúdo da NBA que é oferecido às centenas de milhões de seguidores nas redes sociais em todo o mundo.

"Será criada uma experiência mais personalizada dos adeptos, que adaptará o conteúdo às suas preferências, recompensará a sua participação e fornecerá mais 'insights' e análises do que nunca", escreve a NBA.

Satya Nadella, gestora da Microsoft, disse estar "empolgada" com essa parceria.

"Juntos, aproximaremos os adeptos, o jogo e os jogadores que eles amam com novas experiências personalizadas desenvolvidas pelo Microsoft Azure e os seus serviços na cloud", apontou Nadella.

A NBA está suspensa desde 12 de março devido à pandemia da COVID-19, e ainda sem data de regresso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.