Deandre Ayton foi suspenso por 25 jogos, depois de acusar positivo num controle antidoping. O jogador dos Phoenix Suns acusou o o uso de diuréticos, um medicamento que aumenta o volume de urina e que normalmente é utilizado no desporto para camuflar o uso de outras substâncias.

O pivot de 21 anos pediu desculpas e alegou que desconhecia o que estava a tomar.

"Quero pedir desculpas à minha família, toda a organização do Suns, aos meus colegas de equipas, parceiros, aos nossos adeptos e à comunidade de Phoenix. Este foi um erro não intencional e, infelizmente, coloquei algo no meu corpo que desconhecia completamente. Entendo o impacto infeliz que isso tem sobre tantos outros, e sinto muito por isso. Estou extremamente decepcionado por ter decepcionado a minha equipa", disse o jogador, em comunicado.

Os Phoenix Suns lamentam a situação mas dizem-se dispostos a ajudar o seu atleta no que for preciso.

"Deandre expressou o seu mais profundo remorso. Enquanto estiver suspenso, continuamos comprometidos com o seu crescimento e desenvolvimento dentro e fora do campo. As suas ações não são tomadas de ânimo leve, e estamos empenhados em garantir que Deandre entenda o profundo impacto que teve sobre a equipa, a organização e a comunidade do Suns", sublinhou o emblema de Phoenix, em comunicado.

A NBPA (Associação de jogadores) espera poder reduzir o castigo, por o jogador desconhecer que estava a violar a lei antidoping. Enquanto durar o castigo, Deandre não vai receber o seu salário.

Deandre Ayton foi primeira escolha do 'draft' da última temporada. Na sua época de rookie' fez 71 jogos, registou uma média 16,3 pontos por jogos e 10,3 ressaltos por partida. Esta época ainda jogou na primeira partida da época, ajudando a sua equipa a bater os Sacramento Kings, num jogo onde fez 18 pontos, captou 11 ressaltos e fez quatro bloqueios

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.