Uma entrada em falso comprometeu hoje as aspirações da seleção portuguesa feminina de basquetebol na Ucrânia, onde perdeu por 72-60, no segundo encontro do Grupo D de apuramento para o Europeu de 2021.

Em Kharkiv, Portugal, que se estreara no agrupamento cm um triunfo caseiro por 71-48 sobre a Finlândia, marcou o primeiro ponto, mas, depois, sofreu 13 consecutivos e nunca mais se conseguiu aproximar no resultado até ao final do encontro.

As ucranianas fecharam o primeiro período com 12 pontos à maior (21-9), depois de terem liderado por 14 (21-7), e, no segundo, ainda permitiram que Portugal reduzisse para oito (25-17), mas voltaram a fugir e fecharam a primeira parte a vencer por 18 (46-28).

As comandadas de Ricardo Vasconcelos reagiram no terceiro período, que venceram de forma clara (18-9), reduzindo para nove pontos (55-46), mas a Ucrânia voltou a superiorizar-se no último (17-14), para um triunfo final por 12 pontos.

Alina Iagupova, com 29 pontos, sete ressaltos, cinco assistências e quatro roubos de bola, foi um ‘pesadelo’ para a seleção lusa, liderada por Sofia Silva, autora de 19 pontos e seis ressaltos.

Com este desaire, a formação das ‘quinas’ foi igualada pela Ucrânia no segundo lugar do agrupamento, com três pontos, menos um do que a Bélgica, que hoje venceu na Finlândia (última, com dois pontos), por 85-58.

Para atingir a fase final do Euro2021, Portugal precisa de vencer o agrupamento ou ser um dos cinco melhores segundos classificados entre os nove grupos, não contando, nos grupos de quatro, os resultados com os quartos classificados.

A terceira ronda do Grupo D de apuramento realiza-se apenas em 12 de novembro de 2020, com Portugal a receber a Bélgica.

Jogo no Sports Palace Lokomotiv, em Kharkiv.

Ucrânia - Portugal, 72-60.

Ao intervalo: 46-28.

Sob a arbitragem de Andris AunKrogers (Letónia), Jelena Smiljnic (Sérvia) e Suzana Vujicic (Montenegro), as equipas alinharam e marcaram:

- Ucrânia: Krystyna Matsko (5), Liudmyla Naumenko (6), Olha Sivakova (10), Alina Iagupova (29) e Olha Yatskovets (5). Jogaram ainda Vita Horobets (9), Veronika Liubinets, Viktoriya Kondus (2) e Miriam Uro-Nile (6).

Selecionador: Srdjan Radulovic.

- Portugal: Inês Viana (7), Maria João Correia (5), Lavínia Silva, Sofia Silva (19) e Laura Ferreira (9). Jogaram ainda Marcy Gonçalves, Joana Soeiro, Carolina Rodrigues, Emília Ferreira (2), Maria Kostourkova (10), Josephine Filipe (6) e Susana Carvalheira (2).

Selecionador: Ricardo Vasconcelos.

Marcha do marcador: 11-1 (05 minutos), 21-9 (primeiro período), 33-19 (15), 46-28 (intervalo), 50-40 (25), 55-46 (terceiro período), 64-49 (35) e 72-60 (resultado final).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.