O campeão russo atacou a 4,5 quilómetros da meta e finalizou a prova em solitário com 4:56.39 horas, menos 18 segundos do que o australiano Richie Porte (Trek Segafredo) e 59 em relação ao francês Guillaume Martin (Cofidis), que seguia isolado nos últimos 7,5 quilómetros e foi ultrapassado a três do fim.

O italiano Fabiu Aru (Team Emirates) foi quinto, a 1.38 minutos, e o colombiano Nairo Quitana (Team Arkéa Samsic) oitavo, a 1.57, um lugar à frente do espanhol Jesus Herrada (Codifis), vencedor em 2019, que chegou a 2.15.

O português José Gonçalves (Nippo Delko) foi 53.º, a 19.29 minutos.

O pelotão internacional prepara-se para a Volta a França, que vai para a estrada de 29 de agosto a 20 de setembro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.