O irlandês Ben Healy venceu hoje isolado a quinta etapa da Volta a França do Futuro (sub-23) em bicicleta, na qual o português Guilherme Mota foi 29.º e o francês Simon Guglielmi segurou a liderança da geral.

Healy bateu os restantes fugitivos com um ataque solitário nos últimos cinco quilómetros, cumprindo os 158,9 quilómetros entre Espalion e Saint-Julien-Chapteuil em 4:03.26 horas.

Em segundo terminou o dinamarquês Morten Hulgaard, a dois segundos, com o norte-americano Matteo Jorgenson em terceiro, a cinco segundos.

O pelotão, já selecionado pelo esforço da fuga, chegou a 1.31 minutos, com Guilherme Mota em 29.º e Gonçalo Carvalho em 32.º, como representantes lusos no grupo principal. Carvalho é agora 48.º na geral, a 4.33 minutos de Guglielmi, enquanto Guilherme Mota segue em 51.º, a 4.51.

Mais abaixo, Jorge Magalhães é 79.º e Francisco Campos é 120.º, depois de um mau arranque, com duas desistências, que deixa a seleção portuguesa na 19.ª posição, entre 26 equipas, na classificação coletiva.

Na terça-feira, a sexta etapa liga Saint-Julien-Chapteuil a Privas ao longo de 124 quilómetros, com uma chegada ao ‘sprint’ prevista antes do dia de descanso da prova, na quarta-feira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.