O diretor-técnico da Federação Britânica de Ciclismo, o australiano Shane Sutton, foi suspenso na sequência de uma investigação em que é acusado de discriminação e sexismo.

A Federação britânica anunciou esta quarta-feira a abertura de uma investigação independente, face a “alegações de discriminação, avançadas pela imprensa”.

Shane Sutton, que rejeitou as alegações, é acusado de sexismo por Jessica Varnish, velocista da equipa britânica de ciclismo e que o acusa de lhe ter dito para “escolher outra coisa” e “ter um bebé”.

“Quero uma mudança de cultura na federação e no seu tratamento às mulheres”, sublinhou a ciclista, apoiada pela sua antiga colega de equipa Victoria Pendleton, bicampeã olímpica, que terminou a carreira após os Jogos de Londres2012.

O australiano é também acusado de comportamento inapropriado para com ciclistas com algum tipo de incapacidade.

“No mínimo, somos tolerados”, disse Darren Kenny, atleta paralímpico várias vezes medalhado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.